Having debts was the best thing that happened to me financially ...

in LeoFinancelast month


Source

Nobody wants to contract debts, let alone increase them and never be able to pay them ...

But I believe that everything has its positive side even though it is negative. And in my case, getting into debt was the best thing that happened to me financially.

It all started a few years ago, in the year 2013. When I got to know the world of sales. I have already reported on this here a few times. Since that year I have had a lot of change in my mind and mainly financially. Before, I lived off my salary and that's all. After that time I started to make my own money, look for ways, find out how to earn more and invest.

I opened and closed deals in the meantime, learned new things, skills, overcame fears and started jobs that I never imagined that one day I would do. My mind, my brain got smarter, faster to find opportunities. And in the midst of these investments and trying to get "rich" and create my financial independence, I broke down. I accumulated debts and things that I never thought would happen. The fear of having bills and not being able to pay became a fear, a life I didn't want ... But they taught me and thanks to my change of mind years ago, I knew that somehow or other I would get out of it , and improve. And I got it, paid, left the negative, went back to investing more, and finding out more.

In 2017 I met Steemit which led me to be here today. But I only got there because I was always looking for new things, finding ways to invest.

2019 was a very bad year and 2020 broke me again. I didn't even want to do the math, but I believe it is as bad as it was before ... However, this time I'm more relaxed, because I've been through this and I won't go wrong when it's time to negotiate and pay high interest. I already came out of this once and I know I can. In fact, the crypts to HIVE in general today have helped me to liquidate little by little, day after day. All this because one day I knew it back there, all because one day I broke the first time and made me look for better new investments and all because one day I decided to take a risk and undertake.

When I get out of this current negative I know that I will be even better and with much more learning. Especially because in the midst of all this madness experienced in the last year, I opened another new business that has been something fantastic and that I love. And I have focused on him, besides others and also on HIVE to make everything a gear just to get out of it soon.

But I only have this mentality today, because one day I got into debt!

===========

Português

Ninguém quer contrair dívidas, muito menos aumentar elas e jamais não poder pagar elas...

Mas acredito que tudo tem seu lado positivo mesmo sendo negativo. E no meu caso eu ter contraído dívidas foi a melhor coisa que me aconteceu financeiramente.

Tudo começou alguns anos atrás, no ano de 2013. Quando eu conheci o mundo das vendas. Já relatei sobre isso aqui algumas vezes. Desde esse ano eu tive muita mudança na minha mente e principalmente financeiramente. Antes eu vivia do salário e só isso. Depois dessa época eu comecei a fazer meu próprio dinheiro, procurar maneiras, descobrir como ganhar mais e investir.

Abri e fechei negócios nesse meio tempo, aprendi coisas novas, habilidades, venci medos e comecei trabalhos que eu jamais imaginava que um dia eu faria. Minha mente, meu cérebro ficou mais esperto, mais rápido para encontrar oportunidades. E no meio desses investimentos e tentando ficar "rico" e criar a minha independência financeira eu quebrei. Acumulei dívidas e coisas que eu jamais pensei que passaria. O medo de ter contas e não poder pagar se tornou um medo, uma vida que eu não queria... Mas elas me ensinou e graças a minha mudança de mente de anos atrás, eu sabia que de alguma maneira ou outra eu iria sair disso, e melhorar. E consegui, paguei, saí do negativo, voltei a investir mais, e descobrir mais coisas.

Em 2017 eu encontrei Steemit o qual me levou a estar hoje aqui. Mas só cheguei lá porque eu vivia em busca de novas coisas, descobrindo maneiras de investir.

2019 foi um ano muito ruim e 2020 me quebrou de novo. Eu nem quis fazer as contas, mas acredito que seja tão pior quanto foi antes... Porém, dessa vez eu estou mais tranquilo, porque eu já passei por isso e não vou errar mais quando for a hora de negociar e pagar altos juros. Eu já saí dessa uma vez e eu sei que posso. Aliás, as criptos a HIVE em geral hoje tem me ajudado a ir liquidando aos poucos, dia após dia. Tudo isso porque um dia eu conheci isso lá atrás, tudo isso porque um dia eu quebrei a primeira vez e me fez procurar novos investimentos melhores e tudo isso porque um dia eu resolvi arriscar e empreender.

Quando eu sair desse negativo atual eu sei que estarei ainda melhor e com muito mais aprendizado. Até porque no meio de toda essa loucura vivida no último ano, eu abri outro novo negócio que tem sido algo fantástico e que eu adoro. E tenho focado nele, além de outros e também na HIVE para fazer tudo uma engrenagem só para sair disso logo.

Mas eu só tenho essa mentalidade hoje, porque um dia eu contraí dívidas!

Posted Using LeoFinance Beta

Sort:  

É necessário mesmo ter essa visão até madura sobre os problemas, como as dívidas, não é otimismo ou ser iludido, é encontrar as vantagens nisso. Muita coisa precisou ser de um jeito desagradável no passado para podermos ter esse momento futuro melhor! Eu vejo isso claramente também, e sabemos bem que é no desconforto que saímos da estagnação!


Posted via proofofbrain.io

Exatamente

A pandemia mesmo me trouxe coisas nesse sentido, que me fez mudar vários aspectos

Mar calmo nunca faz bons marinheiros, parceiro... Pensa nisso!

Se hoje você tem essa consciência e essa vontade de continuar trabalhando abrindo mais um negócio, é porque você tem que estar nesse caminho mesmo (só que dessa vez, mais espero para os possíveis obstáculos).

Sucesso!

Uma outra frase que isso me lembra é que o barco é mais seguro ancorado no porto. Mas não foi para isso que ele foi feito.

hehehe

E bora!